São Leopoldo - Rio Grande do Sul - Brasil

Home > seu cão > raças > profissões

Ovelheiros
Os boiadeiros
Caçadores
Caçadores de animais maiores
Os galgos
Cães puxadores
Cães policiais
Farejadores
Guarda da casa
Diversos
Companheiros
Guia de cegos
Os Salva-vidas
Cães de briga

As profissões dos cães

A evolução trouxe cada vez mais ocupações diferentes para os humanos. Os lobinhos criados nas aldeias primitivas mostravam talentos diversos. Uns eram bons caçadores, outros defendiam a caverna e outros mais cuidavam dos animais mantidos perto das moradias. Então os homens cruzaram os animais conforme suas necessidades. Até a cor era importante. Um lobinho-cão branco foi muito útil, pois pode ser visto de longe ao caçar. Um cão de pernas curtas entrava nas tocas de pequenos animais. Cães peludos sobreviviam melhor no frio e os bem fininhos, hoje os galgos de corrida, caçavam animais rápidos, como veados ou antílopes.


início da página
Ovelheiros

Os netos do lobo aprenderam logo que os homens preferem que eles cuidem das ovelhas ao invés de matá-las. Hoje ainda muitos cães vigiam suas ovelhas e as conduzem para pastos distantes. O ovelheiro por excelência é o Border Collie. Ele é considerado o cão mais inteligente do mundo. Mas como todo acadêmico, o Border Collie precisa de sua ocupação intelectual diária. Se ficar o dia inteiro no sofá, ele acaba por se ocupar sozinho, o que nem sempre agrada o responsável. Devemos deixá-lo no pasto ao invés de prendê-lo em casa.

Outros ovelheiros são os outros Collies, o Bobtail (que às vezes nasce sem rabo), todos os pastores como Pastor Alemão, Pastor Belga e muitos mais.

Os boiadeiros

Boiadeiros são "ovelheiros" de grande porte, e cuidam de gado. Encontramos o Bernese Mountain Dog na Suíça, o Kuvasz que corre na puszta húngara, o cão dos Pireneus e outras raças. São ótimos cães de família e cuidam de casas e terrenos, assim como também de crianças.


início da página

início da página
Caçadores

O maior e mais antigo grupo é formado pelos cães de caça. Os cães de pernas curtas serviam para entrar em tocas de coelhos ou de outros animais. Alguns Terriers caçavam ratos, o Dogue Alemão caçava javalis nas matas européias, e outros como o Poodle e o Poodlepointer, por terem pêlo especial, entravam na água e buscavam patos abatidos pelo caçador. O Weimaraner foi sempre um fiel companheiro do caçador profissional na Alemanha. Os Beagles viviam pacificamente em matilhas grandes e os caçadores, à cavalo, levavam muitos destes às caçadas. Os Spaniel eram caçadores muito versáteis. - Todos os cães de caça precisam de muito exercício para se sentirem bem. No apartamento ou num quintal esses cães se sentem como peixes fora da água.

Caçadores de animais maiores

A caça de animais maiores é muito antiga. Parece que o cheiro de sangue sempre foi uma atrativo para muita gente. Eles treinavam cães para caçar ursos e javalis. Um dos mais famosos caçadores de javalis foi o Dogue Alemão. Para matar ursos foram usados cães mais musculosos ainda. Primeiro o homem viu no urso uma ameaça, mas logo descobriu que podia se divertir bastanto com estas brigas.

Mas isto aconteceu há muito tempo atrás. Hoje os ursos estão quase extintos. Os homens se divertem hoje com rinhas de cães, touradas, rinhas de galo ou farra de boi.


início da página

início da página
Os galgos

Os galgos foram criados para a caça de animais velozes. Muito mais tarde, os homens descobriram a modalidade esportiva da corrida de cães. Os galgos têm em comum o corpo bem fino, pernas altas, cabeça erguida e mantêm a cauda entre as pernas, o que nestes cães não necessariamente significa medo. Há galgos pequeninos, como o Lebre Italiano e gigantes como o Deerhound ou o caçador de lobos da Irlanda. O Afghan é bem conhecido pelo seu porte aristocrático. Ele é considerado bobo, pois é difícil adestrá-lo, mas na verdade ele é muito esperto e observa as pessoas. Aprende, sem o aplauso do responsável, coisas como abrir a geladeira ou pegar um pão da mesa com a família ao redor, sem ser percebido. Bobo? Ou será que ele é o mais inteligente? É lógico que os galgos precisam correr muitas horas por dia. Quem quer somente oferecer um canilzinho ou passear com ele na guia, não pode pensar em ter um cão galgo.

Cães puxadores

O Husky Siberiano e o Malamute, por exemplo, foram criados para puxar trenós na neve perto do pólo norte. Eles necessitam exercícios diários e não gostam do calor tropical. Os cães que puxam um trenó devem obedecer uma certa ordem.

O homem responsável usa sempre o mesmo cão no mesmo lugar na frente do trenó para evitar brigas na matilha. Cada um desses cães quer puxar como primeiro. Por isso alguns dos Huskys são brigões. O Husky de hoje ainda sonha com o frio, com a neve e com o trenó que quer puxar bem à frente da matilha. O Husky precisa caminhar muito e de jeito nenhum pode ficar preso no canil, pior ainda é quando fica longe de todos os seres vivos. Ele não serve para guardar a casa, não gosta de temperaturas acima de 15 graus e não se liga tanto ao seu responsável como cães de outras raças.


início da página

início da página
Cães policiais

Uma das profissões mais importantes hoje é a de guarda. O Pastor Alemão, um talento universal, pode ser encontrado na polícia e no exército no mundo inteiro. Mas também o Pastor Belga, o Airdale Terrier, o Rottweiler, o Dobermann e até o Poodle grande e outros fazem parte da caça a criminosos ou no serviço militar. Guardas gigantes como o Dogue Alemão trabalham eximiamente, mas requerem um orçamento generoso. No últimos tempos encontramos muitos cães nas operações de busca de drogas. São usados também cães menores, como Spaniels e outros de bom faro.

Farejadores

Todos os cães têm um faro muito bom, mas existem cães criados para ter um faro mais apurado ainda. Eles ajudam a achar pessoas perdidas, drogas e tudo mais que tenham aprendido a farejar.


início da página

início da página
Guarda da casa

Dizem que o cão é o melhor amigo do homem. Eles fazem tanta coisa boa para a humanidade, até salvam nossas vidas. E os que cuidam das nossas casas, como ficam? Será que os cães chamam os homens de melhores amigos dos cães?

Diversos

"Alimentar um cão deve trazer lucro" Assim pensam muitas pessoas. Antes da invenção da energia elétrica, muitos cães trabalhavam, como este pobre coitado que tinha de virar o espeto no forno.


início da página

início da página
Companheiros

Fazer companhia não é uma profissão moderna. Há séculos atrás haviam cãozinhos que viviam nos colos das damas em quase todos os salões de festa no mundo elegante. Mas, como as pessoas se preocupam apenas com a beleza da raça, temos hoje como cães de companhia muitas raças inadequadas, onde algumas sofrem no seu novo ambiente e outras se adaptam bem.

A maioria dos cães que hoje acompanham damas ou brincam com crianças tinham antigamente uma profissão mais séria. Por exemplo, o conhecido Yorkshire Terrier era criado para a caça. Hoje ele é um cão de companhia, pequeno mas muito valente e corajoso, que necessita correr ao ar livre.

O Poodle raramente entra na água para buscar patos, mas gosta do colo de uma dama tanto como do carinho de uma criança. Todos os Spaniel, caçadores na água e na terra firme, brincam com bolas ou dormem no sofá. O pequeno Pug foi criado para companhia. Do Spitz Alemão conhecemos no Brasil somente o mais miúdo, o "Lulu da Pomerânia". Poucas pessoas sabem que existem vários tipos, até o Lupo, o Spitz grande, que já defendeu casas antes da descoberta do ferro!

Guia de cegos

Em muitos países cães são treinados como guias de cegos. Os cães são escolhidos quando filhotes e colocados em famílias selecionadas. A família tem a resposabilidade de cuidar muito bem do cachorrinho e educá-lo por um ano com muito amor.

Depois começa o treinamento especial que pode demorar até um ano. Imagine, o cão tem que ver todos os obstáculos para o cego, até obstáculos mais altos do que o cão, como placas ou caixas de correio. O Cão não pode correr de repente atrás de uma cadela bonita cheirosa ou achar um osso e roer na rua. Ele deve saber interpretar uma sinaleira e guiar o seu cego no meio de uma multidão.

Como os animais podem aprender! E o cão que fica sozinho na corrente ou num canilzinho, como deve sofrer!


início da página

início da página
Os Salva-vidas

No mundo inteiro se treina cães para acharem pessoas debaixo de escombros ou da neve. Nos Alpes europeus, o São Bernardo procurava pessoas que se perdiam nas montanhas, muitas vezes soterradas pela neve. Conta-se (outros dizem que é somente uma lenda), que ele levava um barrilzinho amarrado na coleira como "pronto socorro" para as pessoas congeladas. Pastores como o Alemão, o Belga e outras raças também procuram pessoas soterradas em escombros. O Terra Nova é o único cão com acesso legalmente permitido a algumas piscinas e praias. Este cão gosta de nadar e como ele é enorme, tem facilidade em salvar pessoas que estejam se afogando. Entre os dedos dele encontramos "nadadeiras", quase como os dos patos.

Cães de briga

O capítulo mais triste. Sempre há pessoas que querem ver outros seres vivos sofrendo. Seja a briga de galo, a tourada ou a farra de boi. Alguns sádicos gostam de brigas entre cães. Há raças que não suportam outros cães, nem pensar em gatos. Condicionando esses cães e criando exemplares selecionados por sua agressividade chegamos a exemplares altamente agressivos.

A culpa não é da raça nem do animal, é das pessoas que cruzam os animais conforme sua agressividade. É claro que entre cães desta raça existem também exemplares pacíficos, mas a verdade é que menos Poodles atacam humanos do que Pit Bulls. Somente especialistas deveriam lidar com raças como Pit Bull, American Staffordshire, Bullterrier, Dogo Argentino e outros semelhantes.


início da página