São Leopoldo - Rio Grande do Sul - Brasil

Home > brutalidades > lazer, beleza, gula > animal vira alimento

Já pensou emnão comer os seus amigos?

Quem diz, que as pessoas precisam comer animais, é um mentiroso guloso. Milhares de pessoas, e cada ano mais, deixam de ingerir partes de animais mortos. - E vivem comprovadamente mais saudáveis.

E mais ainda: Para produzir frutas, verduras, e grãos, é necessário menos área e menos esforço.
Facit:

Sem sangue no prato, mais pessoas poderiam viver sem fome!

Paul McCartney:Se os matadouros tivessem paredes de vidro, todos seriam vegetarianos. Nós nos sentimos melhores com nós mesmos e melhores com os animais, sabendo que nós não estamos contribuindo para o sofrimento deles.

Animais de prato - métodos de abate ultrapassados não apenas fazem os animais sofrerem, mas os torturam sem a menor compaixão.

Isaac Bashevis Singer - Nobel - 1978: Não haverá justiça enquanto o homem empunhar uma faca ou uma arma e destruir aqueles que são mais fracos que ele.

Franguinhos 1 - frangos da corte são criados para engordar cada vez mais rápido, para comer menos e ocupar seu espaço por no máximo 28 dias. Então estes pintinhos crescidinhos entram de cabeça para baixo na linha de produção para levar um choque elétrico. Quem tem um pescoço curto ou quem levantar a cabeça passa vivo para a depenação....

Albert Einstein - Nobel - 1921: Nada beneficiará mais a saúde da humanidade e aumentará as chances de sobrevivência da vida na Terra quanto a dieta vegetariana.

Franguinhos 2 - franguinhos machos de raças poedeiras não tem valor. Eles crescem lentamente e não pesam o suficiente para a venda. Eles logo depois de sair do ovo são separados num barril onde morrem sufocados, ou asfixiados ou no vácuo.

George Bernard Shaw - Nobel 1925:
Os animais são meus amigos...e eu não como meus amigos.

Galinhas de ovos -para obter mais lucro, as galinhas não podem ocupar muito espaço. Às vezes nem podem se virar. Produtos para aumentar a produção de ovos tiram todo o cálcio do corpo da galinha, por conseqüência, as asas e as pernas quebram fácil. Para combatermos essa tortura diminuamos o consumo de ovos ou procuremos por ovos de galinhas que vivem no chão.

Golfinhos - a indústria de atum nega, mas para baratear os custos utiliza redes circulares, que são proibidas, e acabam pescando golfinhos junto, que são depois atirados mortos ao mar.

Precisamos mesmo comer animais? Seja atum, seja golfinho, existem alimentos gostosos e menos sangrentos!


Ovelhas - além do transporte prolongado da fronteira para cá, os ovinos sofrem do corte do rabinho quando recém-nascidos.

Henry David Thoreau: Eu não tenho dúvidas que é parte do destino da raça humana, na sua evolução gradual, parar de comer animais.

Vacas de leite - para dar leite, uma vaca precisa dar luz a um terneiro por ano. Depois do parto, o terneiro é levado para longe, e a vaca, por natureza uma boa mãe, sofre pela perda do filho, e o terneiro sofre pela perda da mãe. Muitos terneiros morrem de saudade. Na natureza não há nenhum exemplo de animal adulto que toma o leite de uma outra espécie. Podemos evitar o leite e tomar sucos ou outros líquidos.